Brasileiros ficam fora da final do trampolim de 3m sincronizado do Mundial

Os brasileiros Ian Matos e Luis Felipe Outerelo foram eliminados na fase classificatória do trampolim de 3 metros sincronizado do Mundial de Esportes Aquáticos, que está sendo realizado em Kazan, na Rússia. Nesta terça-feira, eles ficaram em 13º lugar, a uma posição da vaga na final.

Estadão Conteúdo

28 de julho de 2015 | 11h08

Ian Matos e Luis Felipe Outerelo fizeram 370,08 pontos. Assim, eles ficaram a 3,51 pontos da última dupla classificada para a final, formada pelos canadenses Philippe Gagne e François Imbeau-Dulac, medalhistas de prata nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Os russos Evgeny Kuznetsov e Ilya Zakharov foram os melhores das eliminatórias.

Apesar de não terem se classificado para a final, os brasileiros fizeram uma avaliação positiva da participação. "A prova foi bastante positiva estamos evoluindo. Essa foi a nossa maior pontuação fora do Brasil e quase conseguimos beliscar uma final. É a segunda competição que aumentamos o grau de dificuldade e a cada prova estamos dando um passo à frente", analisou Luis Felipe Outerelo.

Nesta quarta-feira, duas provas dos saltos ornamentais no Mundial de Esportes Aquáticos contarão com a participação de brasileiros, ambas com a participação de Ingrid Oliveira. Ela e Giovanna Pedroso competirão na plataforma de 10 metros. Depois, Ingrid e Luiz Felipe Outerelo estarão presentes na disputa por equipes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.