Brasileiros incrementam times romanos na Itália

Roma, de Castán e Marquinhos, e Lazio, de Éderson, estreiam com o sonho de grandes desempenhos

ROMA, O Estado de S.Paulo

26 de agosto de 2012 | 03h06

Com apostas em jogadores brasileiros, Roma e Lazio iniciam a disputa do Campeonato Italiano. Além de Dodô, Jonatan e Taddei, a Roma veio buscar o zagueiro Leandro Castán, campeão da Taça Libertadores pelo Corinthians, juntamente com o garoto Marquinhos, de 18 anos. O meia Marquinho, ex-Fluminense, é outro jogador nacional no time.

O primeiro rival do principal time romano vai ser o Catania, no Estádio Olímpico.

A Lazio, que já contava em seu elenco com André Dias, Hernanes e Matuzalém, contratou Éderson, do francês Lyon. Quarta classificada na temporada passada, a equipe sonha alto e planeja a conquista do scudetto.O obstáculo inicial da Lazio vai ser a Atalanta, em Gênova.

Sem Ibrahimovic e Thiago Silva, que foram para o Paris Saint-Germain, o Milan aposta na boa fase de Robinho para largar com três pontos diante da Sampdoria, no San Siro.

Contundido, o capitão Ambrosini tem poucas chances de entrar em campo. Já Alexandre Pato, com problemas musculares, só volta a atuar aos treinamentos dentro e três semanas.

O Napoli, mesmo com a saída de Lavezzi - também para o Paris Saint-Germain -, aposta na força do grupo e no poder de fogo do uruguaio Cavani para fazer frente à Juventus na luta pelo título nacional. Os napolitanos começam a briga pela taça frente ao Palermo, no campo do adversário.

Se o Napoli acredita no entrosamento da equipe para ter sucesso na temporada, a Internazionale de Milão tem planejamento totalmente diferente. Depois de uma temporada ruim, a diretoria resolveu dispensar Julio Cesar, Maicon e Lúcio e abrir os cofres para contratar oito jogadores. O último foi o uruguaio Álvaro Pereira, que veio do Porto por R$ 25 milhões.

A equipe milanesa faz o primeiro jogo do campeonato diante do Pescara.

Outros dois jogos estão previstos no encerramento da rodada inicial. O Verona recebe em seu campo o Bologna, enquanto o Cagliari visita o Gênova.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.