Brasileiros não vão bem no Mundial de Judô

Os judocas brasileiros não obtiveram bons resultados no terceiro dia do Mundial de Judô, em Osaka, Japão. A meio-leve Fabiane Hukuda perdeu na segunda luta para a japonesa Yuki Yokosawa por ippon (golpe perfeito), após vencer a armênia Kristine Nasaryan. A medalha de ouro nesta categoria ficou para a cubana Amarilis Savón. No masculino, Henrique Guimarães caiu na terceira rodada, diante do japonês Tomoo Torii. Henrique venceu o espanhol Oscar Penas e o angolano Pedro Hebo. O campeão mundial foi o iraniano Arash Miresmaieli. Entre os leves, Tânia Ferreira perdeu logo na estréia para a coreana Kye Sun-Hui, que ficou com o título mundial. Luiz Camilo passou por dois adversários: Claudi Bastea, da Romênia, e Naithan Eusseini, do Egito. Camilo perdeu para o russo Vitaly Makarov. O primeiro colocado foi o sul-coreano Lee Wang-Hee. O Brasil volta ao tatame nesta madrugada de domingo para o último dia de competições do Mundial. Pela categoria ligeiro lutam Marli Suzuki e Fúlvio Myata. Entre os absolutos (sem limite de peso) os representantes brasileiros serão Edinanci Silva e Daniel Hernandes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.