Divulgação
Divulgação

Brasileiros tentam manter hegemonia no surfe em 2015

Toledo tenta manter a ponta enquanto Medina busca recuperação

O Estado de S. Paulo

22 Março 2015 | 18h24

O domínio do Brasil no surfe, que começou com a conquista do Mundial na temporada passada pelo paulista Gabriel Medina e se consolidou com a vitória de Filipe Toledo na primeira etapa de 2015 será novamente colocada à prova em  Victoria, no sul da Austrália. A partir do dia 1º de abril, sete brasileiros irão disputar o Rip Curl Pro Bells Beach, segunda etapa do Circuito Mundial. Ao lado de Medina e Toledo, estarão ainda Wiggolly Dantas e Adriano de Souza, disputando as primeiras baterias, além de Italo Ferreira, Jadson André  e Miguel Pupo.

Justamente os dois principais nomes do País chegam em momentos bem diferentes na competição. O atual campeão do mundo, Gabriel Medina, terá o desafio de se recuperar de uma primeiro etapa ruim, onde acabou derrotado pelo irlandês Glenn Hall na terceira fase. Medina entrará na água apenas na sexta bateria, e terá que encarar o australiano Matt Banting e um convidado do patrocinador do evento.

Já Felipe Toledo, que vai competir com a lycra amarela de número 1 após vencer em Gold Cost, tem a missão de manter a ponta na segunda etapa. Na primeira fase, ele abre a décima primeira bateria, que conta também com Owen Wright, da Austrália, e com o compatriota Jadson André.  


FEMININO

Entre as mulheres apenas uma brasileira estará na água à partir do próximo dia primeiro: Silvana Lima, que se destacou em Gold Cost após conseguir nota máxima com um aéreo perfeito nas quartas de final. Ela vai enfrentar na segunda bateria Sally Fitzgibbons, eliminada por ela própria na primeira etapa e Nikki Van Dijk.

Confira as baterias da primeira fase:

Masculino

1.a: Taj Burrow (AUS), Wiggolly Dantas (BRA), Jeremy Flores (FRA)

2.a: Adriano de Souza (BRA), Kai Otton (AUS), Brett Simpson (EUA)

3.a: Kelly Slater (EUA), Sebastian Zietz (HAV), Ricardo Christie (NZL)

4.a: John John Florence (HAV), Italo Ferreira (BRA), C. J. Hobgood (EUA)

5.a: Mick Fanning (AUS), Freddy Patacchia Jr. (HAV), wildcard Rip Curl

6.a: Gabriel Medina (BRA), Matt Banting (AUS), wildcard Rip Curl

7.a: Jordy Smith (AFR), Adrian Buchan (AUS), Keanu Asing (HAV)

8.a: Michel Bourez (TAH), Nat Young (EUA), Dusty Payne (HAV)

9.a: Joel Parkinson (AUS), Miguel Pupo (BRA), Glenn Hall (IRL)

10: Josh Kerr (AUS), Bede Durbidge (AUS), Adam Melling (AUS)

11: Filipe Toledo (BRA), Owen Wright (AUS), Jadson André (BRA)

12: Julian Wilson (AUS), Kolohe Andino (EUA), Matt Wilkinson (AUS)

Feminino:

1.a: Malia Manuel (HAV), Bianca Buitendag (AFR), Laura Enever (AUS)

2.a: Sally Fitzgibbons (AUS), Silvana Lima (BRA), Nikki Van Dijk (AUS)

3.a: Carissa Moore (HAV), Dimity Stoyle (AUS), wildcard Rip Curl

4.a: Stephanie Gilmore (AUS), Tatiana Weston-Webb (HAV), Alessa Quizon (HAV)

5.a: Tyler Wright (AUS), Johanne Defay (FRA), Sage Erickson (EUA)

6.a: Lakey Peterson (EUA), Courtiney Conlogue (EUA), Coco Ho (HAV)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.