CBDA/Site oficial
CBDA/Site oficial

Breno Correia e Guilherme Costa voltam a ser ouro em torneio de natação na Itália

Leonardo de Deus foi outro brasileiro que subiu ao pódio, em terceiro, no Troféu Sette Colli, na Itália, neste domingo

Redação, Estadão Conteúdo

23 de junho de 2019 | 22h48

Em reta final de preparação para o Mundial de Esportes Aquáticos, a natação brasileira fechou a participação no Troféu Sette Colli, na Itália, com a conquista de seis medalhas de ouro. Após levar quatro nos dois primeiros dias da competição, voltou a subir ao lugar mais alto do pódio, neste domingo, com Breno Correia e Guilherme Costa.

Um dia após vencer a disputa dos 100 metros livre, Breno Correia repetiu o resultado na disputa dos 200m livre, tendo cravado o tempo de 1min47s62, terminando o evento empatado com o italiano Matteo Ciampi.

O desempenho foi parecido com o de Guilherme Costa. Afinal, ele já havia levado um ouro na Itália, nos 800m e repetiu o resultado nos 1.500m, ao triunfar neste domingo com a marca de 14min59s61.

Leonardo de Deus foi o outro brasileiro que garantiu um lugar no pódio neste domingo. O brasileiro foi o terceiro colocado nos 200m costas, com o tempo de 1min57s62. Assim, ele ficou atrás do britânico Brodie Willams, ouro com 1min56s26, e do húngaro Adam Telegdy, bronze com 1min57s53.

Nos dias anteriores do Sette Colli, o Brasil havia conquistado medalhas de ouro com Bruno Fratus, no 50m livre, e Etiene Medeiros, nos 50m costas. Além disso, Jheniffer Conceição e Felipe Lima foram prata nos 50m peito, enquanto João Gomes levou dois bronzes, nos 50m peito e nos 100m peito.

Agora os nadadores brasileiros vão intensificar a preparação para o Mundial, que será disputado de 12 a 28 de julho em Gwangju, na Coreia do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoBreno CorreiaGuilherme Costa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.