Briga leva Tyson de novo ao tribunal

Mike Tyson, ex-campeão mundial dos pesados, vai a julgamento acusado de agressão a dois homens numa briga em hotel do Brooklyn, em junho de 2003. As negociações para um acordo fracassaram e o juiz John Carter ordenou que se inicie o processo de escolha dos jurados. O promotor público John O?Mara revelou ter sido oferecido um acordo a Tyson, com pedido de desculpas, mas ele optou por ir a juízo. Aos 37 anos, Tyson é acusado de ter agredido Samuel Velez e Nestor Alvarez em hotel da rede Marriot, que se teriam aproximado em busca de autógrafo. O lutador se declara inocente, bem como os dois desafetos, acusados de ameaçar e hostilizar Tyson.?Estou desiludido?, disse o ex-campeão ao deixar o tribunal. ?Mas não tenho outra opção.? Tyson já esteve preso durante três anos por estupro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.