Brigas prejudicam equipe de boxe

De um lado, Newton Campos, 76 anos, presidente da Federação Paulista de Pugilismo. Do outro, Luiz Cláudio Boselli, 45 anos, presidente da Confederação Brasileira de Boxe. Os principais derrotados: os pugilistas amadores brasileiros.Uma briga entre os dois maiores dirigentes do boxe brasileiro está prejudicando a preparação dos atletas paulistas que farão parte da equipe brasileira que vai treinar para a disputa do Campeonato Sul-Americano, em abril, na Colômbia.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.