Divulgação
Divulgação

Britânicas campeãs mundiais de vela são assaltadas no Rio

'Dois homens armados com facas correram em nossa direção, nos empurrando e levando tudo o que tínhamos', contam as atletas

Estadão Conteúdo

11 de dezembro de 2014 | 10h17

Campeãs mundiais da classe 470, Hannah Mills e Saskia Clark entraram para as estatísticas da criminalidade do Rio. Na Cidade Maravilhosa para a disputa da Copa Brasil de Vela, as britânicas foram assaltadas na quarta-feira enquanto voltavam para o hotel em que estão hospedadas.

"Nossa deliciosa caminhada de volta do clube de vela para o hotel ficou bastante desagradável quando dois homens armados com facas de 7 polegadas correram em nossa direção, nos empurrando e levando tudo o que tínhamos. Junto com as coisas de valor estava a roupa que nós estávamos navegando. Inacreditável!", postou a dupla, no perfil delas no Facebook.

Em outra rede social, o Twitter, elas fizeram um comentário mais curto contando que foram assaltadas e ameaçadas por facas, mas que estavam bem. "Bem-vindo ao Rio!", postaram, em forma de crítica.

Mills e Clark foram medalhistas de prata nos Jogos de Londres/2012 e ganharam o Mundial daquele ano. Nesta temporada, no Mundial de Santander (Espanha), ficaram com a terceira colocação. A Copa Brasil de Vela começa sábado, na praia de São Francisco, em Niterói, e vale como seletiva para a seleção brasileira de vela.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.