Divulgação
Divulgação

Britânico morre em Portugal durante regata de volta do mundo

Andrew Ashman foi atingido por um objeto e perdeu a consciência

Martyn Herman, REUTERS

05 de setembro de 2015 | 12h36

Um membro britânico da tripulação de um veleiro que participava da regata de volta ao mundo Clipper Round the World morreu depois de um acidente na costa de Portugal, informou a equipe neste sábado. O paramédico Andrew Ashman, de 49 anos, operava uma vela ao redor da meia-noite de sexta-feira, durante o primeiro trecho da prova, de Londres para o Brasil, quando foi atingido por um objeto e perdeu a consciência.

“Estamos muito tristes de relatar a morte do membro da tripulação Andrew Ashman. Nossos pensamentos estão agora com a família dele neste momento difícil”, disse um comunicado publicado no site oficial da corrida. O texto acrescenta: “Andy foi golpeado pela escota e possivelmente pelo botaló (embora não confirmado). Ele recebeu assistência médica imediata, houve tentativas de ressuscitá-lo, mas ele não recobrou a consciência”.

O barco foi desviado para a cidade do Porto, no norte de Portugal, onde deve chegar no domingo. Segundo os organizadores, uma investigação foi aberta. A regata 40 mil milhas náuticas oferece lugares na tripulação para pessoas sem experiência prévia em velejar, mas Ashman foi descrito como um navegador experiente. A corrida começou em 30 de agosto em Londres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.