Britânico surpreende Roddick e faz final contra Hewitt

O tenista britânico Andy Murray surpreendeu a todos, na noite deste sábado, ao derrotar o norte-americano Andy Roddick (cabeça-de-chave número 1) por 2 sets a 0 - com parciais de 7/5 e 7/5 -, na semifinal do ATP de San Jose, nos Estados Unidos, que distribui 355 mil dólares em prêmios. Na decisão, Murray enfrentará o australiano Lleyton Hewitt (terceiro pré-classificado), que bateu o norte-americano Vincent Spadea por 2 a 0 (6/3 e 6/4). Na chave de duplas, o veterano John McEnroe, de 47 anos, conseguiu a classificação à final. Ao lado do sueco Jonas Bjorkman, o norte-americano ganhou da dupla formada pelo checo Jaroslav Levinsky e pelo sueco Robert Lindstedt por 2 sets a 1 (6/3, 4/6 e 10/8). Na decisão, jogarão contra os norte-americanos Paul Goldstein e Jim Thomas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.