Bronze na vela

Dupla brasileira consegue a primeira medalha na categoria feminina

Valéria Zukeran, O Estadao de S.Paulo

19 de agosto de 2008 | 00h00

Fernanda Oliveira e Isabel Swan saíram do Brasil determinadas a voltar da China com a primeira medalha olímpica da história da vela feminina brasileira. Ontem, a dupla atingiu o objetivo ao conquistar o bronze na classe 470 com uma vitória na regata medal race em Qingdao, local das provas de iatismo dos Jogos de Pequim, um prêmio para um trabalho marcado por dedicação e planejamento."Tivemos um dia de folga antes da medal race no qual fiquei muito ansiosa. Essas 24 horas em repouso foram as piores - o dia parecia não acabar nunca", disse Fernanda. Na hora da comemoração pela conquista, a dupla, empolgada, começou a gritar de alegria e virou o barco para festejar.Fernanda conta que a jornada até o bronze foi muito difícil. "A gente não teve um primeiro dia muito bom. Fomos melhorando nosso desempenho regata após regata até ficarmos mais perto da medalha." Os ventos fracos e as correntezas de Qingdao foram adversários difíceis de superar. "Sempre começávamos as regatas bem atrás e fazíamos uma prova de recuperação.Na medal race, segundo a velejadora, foi a hora de colocar o planejamento em prática, pois a dupla tinha condições de ficar com a prata, ao mesmo tempo em que poderia ser ultrapassada por outras adversárias. "Era uma estratégia complicada. Mas conseguimos uma largada muito boa e acabamos vencendo a regata", explica Fernanda. No final, ela e Isabel ficaram com o bronze ao somarem 60 pontos perdidos, enquanto as australianas Elise Rechichi e Tessa Parkinson, com 43 pontos perdidos, ganharam o ouro. A prata ficou com as holandesas Marcelien De Koning e Lobke Berkhout, que registraram 53 pontos perdidos."Dedico esta medalha a gente mesmo, porque tivemos dedicação, ao nosso técnico (Paulo Ribeiro), às nossas famílias, namorados. Todo mundo trabalhou para que as coisas dessem certo", disse Isabel, que ainda não tem planos para o futuro. "Dedico a medalha a todas as pessoas que batalham e acreditam em alguma coisa", arrematou Isabel Swan. Com a vitória, o Brasil acumula 15 medalhas olímpicas na vela - 6 de ouro (2 delas em Atenas), 2 de prata e 7 de bronze. A de ontem foi a primeira conquistada por mulheres.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.