Bruno assume a culpa por goleada e Fla garante Cuca

O Coritiba conseguiu a primeira vitória no Campeonato Brasileiro, ontem, no Estádio Couto Pereira, ao golear o Flamengo por 5 a 0. Após a segunda derrota seguida, o diretor de Futebol do Flamengo, Plínio Serpa Filho, garantiu que o técnico Cuca segue no cargo. "O Flamengo não vai trocar a comissão técnica, ninguém vai se afastar. Ao longo dos primeiros dias da semana, vão ser introduzidas medidas duras, sérias", afirmou. "É inadmissível perder por 5 a 0 e vamos fazer uma série de modificações nos treinamentos, elenco, enfim, em tudo. O Cuca está conosco.''Já o goleiro Bruno, que falhou em três dos cinco gols, se desculpou. "Quem quiser colocar na minha conta pode. Peço desculpas. Saio de cabeça baixa, humilhado e ferido", disse. O massacre começou aos 7 minutos. O lateral Rodrigo Heffner cruzou rasteiro e Wellington mandou para as próprias redes. Aos 41, Marcos Aurélio chutou entre as pernas de Bruno. No 2º tempo, Bruno Batata, que entrou no intervalo, fez o 3º. O 4º veio aos 16 minutos, novamente com Bruno Batata, após rebote do goleiro. Aos 30, Bruno rebateu de novo e Leozinho fez.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.