Robson Fernandjes/AE
Robson Fernandjes/AE

Bruno César, já negociado, vira salvação do Corinthians

Jogador volta a ser titular domingo, na despedida da primeira fase, e tem a missão de melhorar a qualidade da equipe

FÁBIO HECICO, O Estado de S.Paulo

13 de abril de 2011 | 00h00

Ralf, Paulinho, Ramirez e Morais, o meio de campo escalado por Tite no duelo com o São Caetano, domingo (derrota por 2 a 1 no Pacaembu), foi apontado por muitos torcedores e críticos, como o mais fraco utilizado pelo Corinthians nos últimos três anos. Desde 2008, o setor foi o destaque da equipe, com nomes como de Douglas, Elias, Jucilei, Cristian. Ciente de que precisa melhorar se quiser ir longe no Paulista, o técnico Tite anunciou nesta terça-feira que mexerá na equipe. Bruno César, revelação de 2010, voltará a ser titular diante do Santo André, no domingo.

"O momento do Bruno chegou. Ele vai jogar. Estou avaliando a situação geral da utilização e quero definir isso na sexta-feira. Mas já está se preparando. É o momento da retomada dele", afirmou o treinador, que havia tirado o jogador da equipe titular logo após a queda na pré-Libertadores, em fevereiro. Foram oito jogos ausente até do banco até a primeira volta. Com todos os titulares à disposição, Bruno César foi novamente relegado à reserva e acabou forçando sua negociação com o Benfica por estar desprestigiado com o treinador.

O meia se apresenta ao clube português em julho. Até lá, pediu para seguir defendendo o Corinthians. Ficou na reserva nas últimas rodadas até entrar no intervalo, diante do São Caetano, melhorar o rendimento do Alvinegro e convencer Tite de que deve começar contra o Santo André.

"O Bruno ia voltar quando viajou (para Portugal). Vê como as coisas são. Vinha entrando e retomando seu padrão normal. Técnico tem que ter coerência. Não posso colocar jogador que faltou a treinamento", observou o técnico. "Ele ficou fora do clássico (derrota para o São Paulo), o Ramirez entrou e foi bem."

Agora, ele volta com a missão de melhorar o desempenho do Corinthians, bastante ruim nas duas últimas rodadas. "Não vamos nos eximir na busca por bons resultados. Jogamos bem abaixo contra o São Caetano", pregou Tite.

Veja também:

som ESTADÃO ESPN - Tite chama presidente do Corinthians e questiona se existe interesse em Ganso

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.