Bruno e Carahyba brilham em Londrina

Bruno de Alcântara Góes prometeu e cumpriu. Neste domingo, dia 10, pela manhã, ele foi o destaque da 3a etapa dos Campeonatos Brasileiros Caixa de Atletismo de Menores, que está sendo disputada nesta cidade do norte paranaense. Bruno ganhou os 200m com 21.66 e superou em 10 centésimos o índice da CBAt para a qualificação aos Mundiais de Menores, marcados para julho na Hungria. Na semifinal, ele já havia corrido a prova em 21.79, e na véspera, ganhara a medalha de ouro nos 100m. "Sabia que estava muito próximo de fazer o índice nos 200m", disse o velocista brasiliense, de 16 anos. "Se não fosse aqui, eu tentaria em Americana (SP) ou Manaus (AM)", completou. Para o treinador do atleta, Edilberto Barros, "Bruno é um atleta de muito talento e futuro". No salto triplo, a terceira vitória individual do paulista Thiago Jacinto Carahyba Dias (ele já havia vencido o salto em distância e os 110m com barreiras). Ele marcou 15,62, novo recorde dos Campeonatos (o recorde anterior era 15,46 e fora estabelecido há 11 anos, em Maringá, PR) e fez índice para os Mundiais também nesta prova. "Nos Mundiais o Thiago só poderá competir em duas provas", disse o treinador Nélio Moura. "É praticamente certo que uma das provas será a dos 110m com barreiras. Vamos ver se o inscreveremos para saltar distância ou triplo", afirmou Nélio. Na marcha de 5.000m feminina, a esperada vitória de Alessandra Picagevicz, com 25:00.46, recorde do Campeonato (o anterior era de Vanessa Bueno, com 25:32.99, feito em São Leopoldo, RS, em 1999). Nos 800m, Diego Chargal Gomes, de Brasília, surpreendeu o favorito Thiago Pereira Chyaromont, este já qualificado para os Mundiais. Diego forçou na última volta e completou o percurso em 1:53.36, com dois centésimos de vantagem sobre Chayromont. "Ainda posso conseguir o índice (1:53.00), talvez em Americana, na semana que vem", disse o corredor.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.