Bruno Fontes tem 2º lugar em estreia da classe Laser

Brasileiro fez boa prova e alcança o oitavo lugar na classificação geral

AE, Agência Estado

30 de julho de 2012 | 11h13

LONDRES - Representante do Brasil na classe Laser, que rendeu dois ouros ao País na história olímpica, Bruno Fontes conquistou um 17.º e um segundo lugar nesta segunda-feira, no primeiro dia de disputas da classe nos Jogos de Londres. Com isso, o velejador de 32 anos ocupa a oitava posição da classificação geral.

Na primeira regata do dia em Weymouth, onde são realizadas as disputas da vela olímpica, Bruno Fontes largou mal e contornou a primeira boia apenas no 27.º lugar. Depois, fez uma prova de recuperação até cruzar a linha de chegada em 17.º, um minuto e 44 segundos depois do guatemalteco Juan Ignacio Maegli Aguero.

Depois, na segunda regata, o brasileiro manteve-se entre os melhores desde o início. A partir da terceira de cinco boias ele já estava atrás apenas do australiano Tom Slingsby, atual pentacampeão mundial e grande favorito ao ouro em Londres. Acabou cruzando a linha de chegada 19 segundos atrás do adversário.

Com 19 pontos perdidos, Bruno Fontes aparece na oitava colocação geral. O líder é Slingsby, com apenas três. Em seguida está o guatemalteco, com 11. Barcos da Croácia, Chipre, Suécia, Coreia do Sul e Uruguai separam o brasileiro dos primeiros colocados.

MULHERES - Na Laser Radial, Adriana Kostiw fechou o primeiro dia na 12.ª posição, com 26 pontos perdidos, já bastante atrás da zona de medalha. A liderança é de Annalise Murphy, da Irlanda, com dois pontos perdidos, apenas. Na sequência, aparecem os barcos de Bélgica (cinco pontos) e Holanda (nove).

Na primeira regata da Laser Radial, Adriana Kostiw não largou bem, mas se recuperou já no início e terminou na 11.ª posição. Na segunda etapa, porém, não foi tão bem e terminou no 15.º lugar, depois de chegar a ser a sétima. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.