Divulgação
Divulgação

Bruno Fratus domina e vence prova dos 50m livres no José Finkel

Etiene Medeiros triunfou nos 50m livres entre as mulheres

Estadão Conteúdo

19 de agosto de 2015 | 21h02

Bruno Fratus dominou os 50 metros livre do Troféu Finkel de Natação, nesta quarta-feira, na piscina do Pinheiros, em São Paulo. Com 21s89, 10 centésimos mais baixo do que fizera nas eliminatórias da manhã, o nadador do Pinheiros-SP ficou 25 centésimos à frente do segundo colocado, Ítalo Duarte, do Minas Tênis Clube-MG (22s14). Matheus Santana terminou em terceiro com 22s22.

Do time que foi ao Mundial de Kazan, na Rússia, Marcelo Chierighini, do Pinheiros, pegou o quarto lugar (22s29), enquanto que Nicholas Santos foi o melhor da final B (22s57), acabando no 9.º lugar geral. Com este tempo, teria sido o sétimo na final A. "Foi bom nadar pra 21 segundos duas vezes no dia. Isto dá uma sensação boa, dá confiança e mostra que estou no caminho certo. Estou feliz em ganhar e somar bastante pontos pro Pinheiros", resumiu Bruno Fratus.

Etiene Medeiros mandou bem mais uma vez. A nadadora do Sesi-SP marcou 25s18 em sua vitória nos 50 metros livre. Graciele Herrmann, do Grêmio Náutico União-RS, terminou em segundo (25s25) e Lorrane Ferreira, do Minas Tênis, ficou com o bronze com 25s42. "Estou muito feliz, está sendo muito rápido as coisas. Queria nadar na casa dos 24 segundos pra manter uma frequência, mas apesar de nem estar perto do meu melhor tempo (24s55, recorde sul-americano), foi bom".

Joanna Maranhão confirmou o favoritismo e venceu os 400 metros medley com facilidade. A pernambucana marcou 4min43s35, com Florencia Perotti, do Grêmio Náutico União (4min51s05), e Gabriela Mello, do Corinthians-SP (4min56s12), completando o pódio.

Nos 800 metros livre feminino, a australiana Leah Neale, do Minas Tênis, venceu com direito a recorde de campeonato: 8min38s31. A marca anterior era da brasileira Poliana Okimoto, quando ainda nadava pelo Pinheiros em 2009 (8min40s05). Poliana, agora na Unisanta-SP, conquistou a prata com 8min42s19. E Viviane Jungblut, do Grêmio Náutico União, ficou com o bronze (8min48s08).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.