Bruno Fratus vai a Auburn, treina e ''tieta'' Bousquet

Bruno Fratus ficou conhecido como o "homem que bateu Cesar Cielo" nos 100 m livre do Troféu Maria Lenk. Mas o jovem de 21 anos diz que não gosta do rótulo - afinal, derrotou outros seis nadadores -, e garante que segue tendo o campeão olímpico como espelho. Isso porque, admite, adora tietar alguns colegas. "Tenho essa postura com algumas pessoas. Sou tiete mesmo. E, do Cesar, vou ser sempre."

Amanda Romanelli, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2011 | 00h00

Outro alvo da tietagem foi Frédérick Bousquet. O ex-recordista mundial dividiu a piscina com o brasileiro em uma rápida clínica com Brett Hawke, ex-técnico de Cielo, em Auburn. "Tive a honra de conhecer o Fréd, gente finíssima, ótimo professor. Adorei."

Apesar dos índices para o Mundial de Xangai, em julho, nos 50 m, 100 m e 4x100 m livre, Bruno ainda apresenta deficiências na saída do bloco e na entrada na água. "Mas foi muito legal esse treino porque, além de ter aprendido muito sobre natação, me deu muita confiança."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.