Bruno Prada supera 'Vida Bandida' de Torben e é campeão mundial de Star

Um dos principais velejadores brasileiros da história, Bruno Prada segue entre os melhores do mundo. Como proeiro do norte-americano Augie Diaz, ele conquistou neste sábado, em Miami (EUA), seu quarto título mundial da classe Star. Prada já havia ganhado o ouro em 2007, 2010 e 2012, sempre com Robert Scheidt.

Estadão Conteúdo

16 de abril de 2016 | 17h23

Entre 1948 e 2012, a Star só não foi classe olímpica em 1976. Considerada a mais tradicional da vela, ela foi retirada do programa para os Jogos Olímpicos do Rio e viu nomes como o próprio Scheidt migrarem para outras classes. Prada começou corrida olímpica na Finn, mas desistiu dela após perder seguidamente para Jorge Zarif.

No Mundial de Miami, superou a concorrência contra os irmãos Grael, medalhistas olímpicos na Star. Campeões em 2015, Lars Grael e o proeiro Samuel Gonçalves ficaram no quarto lugar desta vez. Já Torben Grael, técnico da seleção brasileira que irá ao Rio-2016, ficou em 12.º com Guilherme de Almeida. Eles velejaram com o barco "Vida Bandida".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.