Bruno quer Williams, mas tem 'Plano B'

Bruno Senna afirmou ontem, em evento organizado por um patrocinador em São Paulo, que pretende continuar na Williams em 2013, mas que está negociando um provável "plano B" caso seja dispensado pela escuderia inglesa. O anúncio ocorre dois dias depois dele participar do GP do Brasil sem terminar a

O Estado de S.Paulo

28 de novembro de 2012 | 02h03

corrida por causa de uma batida. Senna terminou o Mundial de Fórmula 1 na 16.ª posição, com 31 pontos, atrás de seu companheiro de equipe, Pastor Maldonado. O piloto poderá perder o seu posto de titular para o finlandês Valtteri Bottas, reserva da Williams.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.