Bruno Schmidt e Pedro Solberg vão ao Mundial em alta

Líderes do ranking na temporada, os brasileiros Bruno Schmidt e Pedro Solberg se preparam para manter o embalo no próximo compromisso da dupla, justamente o mais importante do ano: o Campeonato Mundial de Vôlei de Praia, marcado para começar na segunda-feira, em Stare Jablonki, na Polônia. A luta é para conquistar um título inédito, para uma parceria que já foi campeã mundial Sub-21 há sete anos.

AE, Agência Estado

26 de junho de 2013 | 16h57

O Brasil terá quatro duplas na chave masculina do Campeonato Mundial, mas Bruno Schmidt e Pedro Solberg são os que chegam em melhor fase, embalados por bons resultados nas quatro últimas etapas do Circuito Mundial de Vôlei de Praia. Foram prata em Xangai (CHN), quarto colocados em Corrientes (ARG), ouro em Haia (HOL) e bronze em Roma (ITA), o que os deixou na liderança do ranking da temporada.

"Nosso time é muito bem entrosado tanto dentro quanto fora de quadra. Não vou negar que essa nossa boa sequência nos dá ainda mais confiança para brigarmos por mais esse título. O Campeonato Mundial só não é mais importante do que a Olimpíada e daremos o nosso máximo para conquistá-lo, respeitando, é claro, todos os nossos adversários. Estamos preparados", afirmou Bruno Schmidt.

"Estou muito feliz e satisfeito por jogar ao lado do Bruno", revelou Pedro Solberg, que voltou a jogar com o antigo parceiro há cerca de um ano - antes, eles chegaram ao título do Mundial Sub-21 em 2006, justamente na Polônia. "Tínhamos a certeza de que poderia dar certo, pela parceria vitoriosa que se formou em tão pouco tempo, pela bola que a gente tem jogado", completou o jogador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.