Bush não vai aos Jogos, mas manda o pai

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, revelou nesta quinta-feira, durante encontro com o primeiro-ministro grego Costas Karamanlis, que não irá a Atenas para os Jogos Olímpicos. Mas mandará seu pai, o ex-presidente George Bush, como chefe da delegação norte-americana.Bush disse que o motivo de sua ausência não é o medo de um ataque terrorista. O problema é a sua campanha pela reeleição, já que a população norte-americana vai às urnas em novembro. ?Gostaria de assistir, mas é temporada política?, justificou.Karamanlis aproveitou a ocasião para garantir a segurança dos Jogos de Atenas. E contou com o apoio de Bush. ?Faremos todo o possível em termos de energia, recursos e homens para fazermos da Olimpíada um sucesso e tenho certeza de que conseguiremos?, afirmou o primeiro-ministro grego.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.