Cacá Bueno se aproveita de erros de rivais e fatura pole da Stock em Cascavel

Cacá Bueno, da Red Bull, fez, neste sábado, o melhor tempo no treino classificatório, com 1min02s143, e garantiu a pole position da primeira corrida da etapa de Cascavel da Stock Car. Com o forte vento a atrapalhar, os líderes do campeonato Felipe Fraga e Marcos Gomes, ambos da Cimed, erraram em suas voltas e acabaram ficando longe das primeiras posições.

Agência Estado, Estadão Conteúdo

16 de julho de 2016 | 16h30

A sexta etapa da temporada acontece no domingo, com prova dupla. A primeira corrida, com 45 minutos de duração, tem a largada programada para as 13 horas. Em seguida, a prova de 30 minutos, terá início às 14h10.

Cacá também falhou na sua primeira tentativa. Saindo no penúltimo grupo de três pilotos, ele vinha rápido, mas acabou rodando. "Estava bem difícil, porque a pista variava muito do começo ao fim do treino. Fiz uma primeira volta para esquentar, subi para sexto e vi que o carro estava absurdamente rápido, dava para virar 1min02s0 ou até mesmo 1min01s9. Pensei, 'essa pole é minha e ninguém tasca'. Na curva cinco, a duas do fim da volta, cometi um erro infantil. Tirei o pé do acelerador e freei com o volante ainda um pouco esterçado, o peso foi jogado para a frente e acabei rodando", comentou o primeiro colocado do grid.

No entanto, Valdeno Brito bateu e causou bandeira vermelha, que acabou ajudando Cacá. "Pude aquecer o pneu e tentar sem arriscar tanto. E mesmo com uma volta considerada conservadora o carro se comportou magnificamente bem e fizemos essa pole que eu nem consegui comemorar direito, de tão frustrado comigo mesmo eu estava pela bobagem que eu fiz antes", afirmou o piloto.

Na segunda posição do grid, a performance de Vitor Genz surpreendeu. O gaúcho está no 11.º lugar no campeonato, correu no sétimo dos dez grupos do classificatório e cravou 1min02s181, a apenas 0s038 do pole. Ele será seguido por Max Wilson, o terceiro melhor da atividade deste sábado.

No último grupo, os três primeiros colocados do campeonato entraram com boas condições de pista, com o asfalto emborrachado, mas o vento acabou com as chances de Fraga, que rodou, bateu e conseguiu apenas o tempo de 1min03s352, ficando em 27.º lugar no grid.

Marcos Gomes também saiu da pista, mas se recuperou e ficou com a quarta melhor marca, com 1min02s358, logo à frente de Rubens Barrichello, o quinto melhor. Já Daniel Serra, terceiro no campeonato, não conseguiu acompanhar os tempos do primeiro pelotão e sairá do décimo lugar, com 1min02s540.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.