Ricardo Bufolin/Panamerica Press/CBG
Ricardo Bufolin/Panamerica Press/CBG

Caio Souza é 13º e russo leva o ouro na disputa do individual geral do Mundial

Nikita Nagornyy aproveita erro do seu principal concorrente na última das seis rotações para conquistar a medalha em Stuttgart

Redação, Estadão Conteúdo

11 de outubro de 2019 | 16h41

O russo Nikita Nagornyy conquistou nesta sexta-feira o título da disputa masculina do individual geral no Mundial de Ginástica Artística, que está sendo realizado em Stuttgart, na Alemanha, após aproveitar o erro do seu principal concorrente na última das seis rotações. E o brasileiro Caio Souza fechou a sua participação em 13º lugar.

Caio conseguiu um somatório de 83,765 pontos. O brasileiro foi o oitavo na barra fixa (13,900) e nas argolas (13,933), teve a nona performance do salto (14,366), ficou em 11º nas barras paralelas (14,700), fez apenas o 17º melhor desempenho no solo (13,833) e o 18º do cavalo com alças (13,033).

Nagornyy, o campeão, marcou 88,772 pontos, vencendo a disputa com uma vantagem de 1,607 para o também russo Artur Dalaloyan, que havia faturado a medalha de ouro no Mundial de 2018. É a segunda conquista de Nagornyy nesta edição do evento, pois ele faz parte da equipe russa campeã mundial.

O novo campeão mundial do individual geral se classificou à final na liderança. E ficou nas cinco primeiras posições em todos os aparelhos, tendo os melhores desempenhos nas argolas e no salto.

A medalha de bronze foi para o ucraniano Oleg Verniaiev, que conseguiu 86,973 pontos. Ele foi prata nesta mesma disputa na Olimpíada de 2016, mas só figurou entre os ginastas que iriam ao pódio no final da disputa.

Campeão mundial em 2017, o chinês Xiao Ruoteng era o segundo colocado até a última rotação, quando se apresentou nas barras paralelas, mas sofreu uma queda e terminou a disputa na quarta colocação.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.