Campeã de windsurfe Dora Bria morre em acidente

Ex-atleta foi atingida por caminhão em rodovia no estado de Minas Gerais; seu sepultamento será nesta quinta

23 de janeiro de 2008 | 16h21

A campeã de windsurfe Dora Bria, de 48 anos, morreu na terça-feira à tarde em acidente de carro na rodovia BR 040, no quilômetro 256, entre as cidades de Três Marias e o Rio de Janeiro, para onde dirigia. Chovia muito na hora e o veículo, atingido por um caminhão, caiu numa ribanceira.Dora Bria foi seis vezes campeã brasileira, tricampeã sul-americana e era considerada uma das musas do esporte nacional, tendo posado nua para a revista Playboy em 1993 e em 2000 para a revista Sexy. O enterro da ex-atleta será realizado nesta quinta-feira, no Rio.Dora começou a se tornar conhecida no começo dos anos 80 por ter sido uma das pioneiras no windsurfe, que é considerado um tipo de surfe mais radical. Os principais títulos foram: tricampeã sul americana em slalom; hexacampeã brasileira nas ondas; vice-campeã havaiana em 1997; vice-campeã americana em 2000 e participou de 4 torneios da ESPN Wahine Classic, no Hawaii, de 1992 a 1995, nos quais conseguiu um quinto lugar, dois terceiros e um quarto, disputando com um total de 24 a 32 mulheres de todo o mundo.

Tudo o que sabemos sobre:
windsurfeDora Bria

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.