Reprodução Flamengo
Reprodução Flamengo

AO VIVO

Torcida brasileira vive clima de festa antes do jogo com a Costa Rica; acompanhe

Campeã olímpica em Londres-2012, Sarah Menezes acerta com o Flamengo

Judoca assina acordo de um ano e deixará Teresina para treinar no Rio de Janeiro

Estadão Conteúdo

02 Março 2018 | 18h30

A judoca Sarah Menezes acertou com o Flamengo nesta sexta-feira. A campeã olímpica nos Jogos de Londres-2012, que sempre treinou no Piauí, assinou contrato de um ano para deixar Teresina e treinar no clube carioca, fora do seu estado pela primeira vez. Após deixar a Associação de Judô Expedito Falcão, na capital piauiense, ela passará a treinar diariamente com Rosicleia Campos, que é a treinadora da seleção brasileira.

+ Judoca português admite tentativas de suicídio após derrota no Rio 2016

A transferência para o Rio vai marcar grande mudança na carreira da atleta, que sempre relutou em deixar o seu estado, mesmo quando estava no auge da sua trajetória. Hoje, aos 27 anos, ela optou pela transferência para o Flamengo, numa tentativa de recuperar seus melhores momentos nos tatames.

Uma das apostas do Flamengo para reforçar suas modalidades olímpicas, Sarah será apresentada oficialmente na noite deste sábado, durante jogo do Flamengo e o Minas, em rodada do NBB, na Arena Carioca 1. Não por acaso a apresentação acontecerá num jogo que deve ter Anderson Varejão, outro reforço rubro-negro recente, em quadra.

O acerto foi celebrado pela judoca, que confessa que o Flamengo é o seu time de coração. "Estou muito feliz em fazer parte da nação rubro-negra. Minha família inteira torce para o Flamengo. Lá em Teresina, a gente se reúne em casa para ver os jogos, todo mundo de camisa, com bandeiras. Família fanática. E agora eu estou muito feliz de ajudar o clube como atleta. E já convoco a Nação para torcer pela gente também no tatame", disse a atleta responsável por encerrar um jejum de 20 anos sem título olímpico no judô.

Após faturar o ouro em Londres, Sarah ficou aquém do esperado nas temporadas seguintes e esteve longe de brilhar na Olimpíada do Rio, em 2016. Após disputar os Jogos, ela trocou a categoria ligeiro (até 48 kg) pela meio-leve (até 52 kg). Sem maiores resultados na nova categoria, ela decidiu voltar para o peso ligeiro.

"É uma honra poder receber uma atleta do nível da Sarah. Campeã olímpica, batalhadora, com garra, ela tem o perfil rubro-negro", afirmou Luisa Parente, gerente de esportes terrestres do clube. "Ela vai ser a referência que vai trazer os holofotes de novo para o judô do Flamengo. A gente espera que ela contagie toda essa nova geração que está sendo formada nos últimos anos, que no dia a dia ela possa transmitir essa qualidade técnica de excelência."

No Flamengo, ela vai trabalhar diariamente com a técnica Rosicleia Campos e com Danielle Karla, sua companheira na seleção brasileira.

Mais conteúdo sobre:
Sarah Menezes Flamengo Judô

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.