Gian Ehrenzeller / EFE
Gian Ehrenzeller / EFE

Campeão da Volta da França em 1997, alemão é detido acusado de agredir prostituta

Jan Ullrich deu entrevista recentemente em que dizia ter muitos problemas pessoais

Estadão Conteúdo

10 Agosto 2018 | 10h37

Campeão da Volta da França em 1997, o ex-ciclista alemão Jan Ullrich foi detido nesta sexta-feira e está sob custódia da polícia após supostamente agredir uma prostituta em um hotel de Frankfurt.

Porta-voz da polícia, Carina Lerch disse que o ex-ciclista alemão foi preso depois que a polícia foi chamada ao hotel. Ela disse que Ullrich estava sob o efeito de drogas e álcool e poderia ser acusado de "agressão ou tentativa de homicídio."

"Parece que o senhor Ullrich e uma prostituta tiveram uma briga e que ele a atacou", disse Lerch. "Ela avisou os funcionários do hotel e eles chamaram a polícia. O senhor Ullrich ainda está sob custódia", acrescentou.

Um comunicado da polícia disse que a mulher precisou receber atendimento médico. Lerch também declarou que não poderia dar mais detalhes sobre o incidente, que está sob investigação da polícia.

A imprensa alemã informou que Ullrich, de 44 anos, havia sido detido uma semana antes, em Maiorca, na Espanha, onde vive, após um incidente na propriedade de seu vizinho, o ator Til Schweiger.

Na segunda-feira, Ullrich havia revelado ao jornal alemão Bild que passa por problemas pessoais. "A separação de Sara e a distância dos meus filhos, a quem eu não vejo desde a Páscoa e com quem mal falo, tiveram um grande efeito em mim. Eu tenho feito coisas que lamento muito", disse o ex-ciclista ao diário.

Ullrich, o único alemão a vencer a Volta da França, enfrentou acusações de doping durante a sua carreira. E ele admitiu à revista alemã Focus em 2013 que recebeu tratamento de doping sanguíneo do médico espanhol Eufemiano Fuentes. "Quase todos usaram substâncias que melhoram a performance. Não fiz nada do que os outros também não fizeram", disse o campeão da Volta da França de 1997.

Além disso, Ullrich cumpriu formalmente uma suspensão por doping de dois anos em 2012, mas estava aposentado do ciclismo desde 2007.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.