Maricopa County Sheriff's Office
Maricopa County Sheriff's Office

Campeão do Super Bowl em 1985 é preso acusado de assassinato

Michael Richardson estaria envolvido no tiroteio que resultou na morte de Ronald Like, homem de 47, em Phoenix

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de janeiro de 2021 | 10h37

Estrela do Chicago Bears na década de 1980 e campeão do Super Bowl XX em 1985, Michael Richardson foi preso em Phoenix na última quarta suspeito de cometer um assassinato. O ex-cornerback, de 59 anos, teria se envolvido em um tiroteio que resultou na morte de Donald Like. As informações são do jornal USA Today.

A Polícia do condado de Maricopa, no Arizona, foi acionada na manhã da última terça-feira, 29 de dezembro, para reagir a um tiroteio com um ferimento grave à bala. Ronald Like, de 47 anos, foi levado a um hospital em estado crítico, mas não sobreviveu.

Richardson foi preso na quarta-feira, 30, acusado de homicídio e má conduta envolvendo armas. Ele está detido em uma prisão do condado de Maricopa, sem direito a fiança. O julgamento do ex-atleta deve ocorrer no dia 7 de janeiro.

O ex-jogador da NFL defendeu os Bears entre 1983 e 1988, faturando o título do Super Bowl em 1985. Ele também atuou pelo San Francisco 49ers em 1989.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.