Elise Amendola/AP - 5/2/2012
Elise Amendola/AP - 5/2/2012

Campeão do Super Bowl em 2012 é encontrado morto aos 27 anos

Tragédia com atleta do Giants choca o mundo do futebol americano

Estadão Conteúdo

08 de setembro de 2015 | 18h53

Mais uma tragédia chocou o mundo do futebol americano nesta terça-feira. O safety Tyler Sash, campeão do Super Bowl em 2012 com o New York Giants, foi encontrado morto em sua residência na cidade de Oskaloosa, Iowa. Ele tinha somente 27 anos e as autoridades não descobriram a causa da morte.

Sash chegou à NFL (principal liga de futebol americano dos Estados Unidos) e surpreendeu logo de cara, ao atuar em todas as 20 partidas do Giants em sua temporada de calouro, incluindo as quatro dos playoffs. Foi recompensado com o título após a vitória sobre o New England Patriots.

Mas a carreira dele estava prestes a sofrer um baque. Sash acabou suspenso das primeiras quatro partidas da temporada seguinte após ser flagrado em um exame antidoping. O jogador chegou a admitir o uso da substância proibida Adderall, mas garantiu que servia apenas para ajudar em seus transtornos de ansiedade.

O fato é que ele nunca mais foi o mesmo. Atuou em somente mais três jogos daquela temporada antes de ser dispensado pelo Giants em 2013. Não encontrou mais espaço na NFL e virou caso de polícia em 2014, quando foi preso em casa, acusado de intoxicação em público, após uma perseguição em alta velocidade.

Nesta terça, seu corpo foi encontrado por um membro de sua família. A autópsia será realizada nesta quarta. O diretor de operações forenses responsável pela investigação, John Kraemer, explicou que seu escritório está trabalhando com a polícia de Oskaloosa para encontrar as causas da morte.

Tudo o que sabemos sobre:
futebol americanoTyler Sash

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.