Campeão em Nova York, Marílson volta a correr no domingo

Os brasileiros terão a chance de correr ao lado de Marílson Gomes do Santos já no próximo domingo, na Nike 10k, corrida com percurso de 10km, em São Paulo. Contando com o campeão da Maratona de Nova York, a prova tem 25 mil inscritos e será disputada simultaneamente em outras oito cidades da América Latina: Lima, Caracas, Bogotá, Cidade do México, Santiago, Buenos Aires, Guayaquil e Montevidéu.?Vou correr no meio do povão, para curtir, sem compromisso e preocupação com o relógio. Vou dar um trote?, disse Marílson, que depois da prova em São Paulo pretende tirar 20 dias de férias.Sobre o futuro, Marílson revelou que ainda precisa ganhar mais experiência nas maratonas - em Nova York, no domingo, ele disputou a distância apenas pela quinta vez na carreira. Por isso, vai competir apenas nos 5.000m e 10.000m no Pan do Rio, em 2007."Vou me preparar para correr maratonas no segundo semestre de 2007, porque quero me classificar para a Olimpíada de Pequim (2008). Esse é meu sonho, correr na Olimpíada e vencer", revelou o brasiliense de 29 anos, que entrou para história como primeiro sul-americano a vencer a Maratona de Nova York.CelebridadeMarílson já ganhou a São Silvestre duas vezes (2003/2005), mas ficou reconhecido mundialmente depois da vitória em Nova York. "Não há sensação melhor que liderar e vencer uma prova tão famosa como essa", admitiu o brasileiro, que faturou um prêmio de cerca de R$ 278 mil. "Não planejei ainda o que vou fazer com o dinheiro. No momento, só penso em aproveitar essa fase, curtir cada segundo dessa vitória."Nesta segunda-feira, por exemplo, depois de inúmeras entrevistas, Marílson foi convidado para fechar o pregão da Bolsa de Valores de Nova York, a mais importante do mundo. Além disso, tinha encontro marcado com o prefeito da cidade, Michael Bloomberg.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.