Anne-Christine Poujoulat / Reuters
Anne-Christine Poujoulat / Reuters

Campeão mundial, Alaphilippe vence 1º etapa da Volta da França; torcedora causa acidente e 'strike'

Espectadora entrou no caminho dos ciclistas segurando placa de papelão; organização promete processá-la

Redação, Estadão Conteúdo

26 de junho de 2021 | 21h01

A Volta da França, competição de ciclismo mais tradicional do mundo, estreou neste sábado sua 108ª edição, em um percurso entre as cidades de Brest e Landerneau, na região da Bretanha. A primeira etapa, de cerca de 197 quilômetros, foi vencida pelo atual campeão mundial do torneio, o francês Julian Alaphilippe, e ficou marcada por um insólito acidente provocado por um espectador.

Alaphilippe cruzou a linha de chegada com o tempo de 4h38min55, oito segundos de vantagem sobre os competidores que vinham logo atrás, como Michael Matthews e Primoz Roglic, vice-campeão da temporada passada.

"Já posso dizer que meu campeonato é um sucesso", comemorou Alaphilippe. Ele se tornou o terceiro campeão mundial francês a levar a camisa amarela no dia de abertura da corrida após Georges Speicher em 1934 e Bernard Hinault em 1981.

Graças ao bônus de tempo, Alaphilippe tem uma vantagem de 12 segundos sobre Matthews no classificação geral, com Roglic em terceiro, dois segundos atrás.

A vitória de Alaphilippe foi ofuscada por um incidente lamentável. A poucos quilômetros do fim da prova, uma torcedora entrou em frente ao pelotão com dezenas de ciclistas e estendeu um cartaz de papelão, atrapalhando o caminho e ocasionando o acidente que levou parte dos competidores ao chão. Nenhum deles se feriu gravemente.

As restrições à covid-19 foram relaxadas na França já há algum tempo e, por isso, os torcedores puderam assistir de perto à prova.

A organização da Volta da França se pronunciou e disse que tomará providências. "Estamos processando essa mulher que se comportou tão mal", disse o vice-diretor do torneio Pierre-Yves Thouault.

Ao todo, serão 21 etapas e 2283 mil quilômetros percorridos na 108ª edição da prova francesa. A competição deve ser encerrada em 23 dias, de modo que a última etapa está marcada para 18 de julho, em Paris.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.