Campeão olímpico da maratona morre ao cair de varanda

Polícia queniana tem versões conflitantes a respeito da queda de Samuel Wanjiru, ouro nos Jogos de Pequim

, O Estado de S.Paulo

17 de maio de 2011 | 00h00

NAIROBI

As versões são divergentes e o motivo ainda uma hipótese. Fato é que ontem, na cidade de Nyahururu, região central do Quênia, o campeão olímpico da maratona, Samuel Wanjiru, morreu após cair do segundo andar de sua casa. O fundista, de 24 anos, chegou a ser socorrido, mas não resistiu, por causa das graves lesões intracranianas.

Alguns membros da polícia afirmam que o atleta cometeu suicídio, versão refutada por seu empresário, o italiano Federico Rosa. "É algo completamente fora de questão. Ele estava feliz, tinha planos. Tenho 100% de certeza que ele não cometeu suicídio." Outros afirmam que Sammy teria sido vítima de um acidente.

No centro da questão está uma suposta briga conjugal. Sammy estaria em casa com uma amante e, assim que descoberto pela mulher, jogou-se da varanda. Outra versão da polícia dá conta de que ele e a amante teriam sido trancados no quarto - e Sammy teria pulado da varanda para conter a fuga da esposa. O corredor despencou de uma altura estimada entre 4 e 6 metros.

Apesar do inegável talento para o atletismo - foi o atleta mais jovem a conquistar as quatro principais maratonas do mundo -, Wanjiru tinha histórico problemático. No ano passado, foi acusado de tentar matar a esposa, uma empregada doméstica e um segurança. Negou as acusações e foi libertado sob fiança.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.