David Gray/Reuters
David Gray/Reuters

Campeão olímpico Ian Thorpe é detido e internado em clínica de reabilitação

Ex-nadador australiano aposentado tenta se livrar da dependência alcoólica e da depressão

Agência Estado

03 de fevereiro de 2014 | 09h00

SYDNEY - O empresário de Ian Thorpe, James Erskine, confirmou que o dono de cinco medalhas de ouro olímpicas foi levado para uma clínica de reabilitação após ser encontrado desorientado em uma rua de Sydney, na manhã desta segunda-feira, por policiais que foram chamados por moradores. Erskine disse que Thorpe foi afetado por uma combinação de antidepressivos e analgésicos que tomava por causa de uma lesão no ombro.

A polícia encontrou Thorpe após pessoas que moram perto da casa dos seus pais, em Panania, no sudoeste de Sydney, relatarem que um homem supostamente tentava invadir um carro. Ele foi levado para o Bankstown Hospital de Sydney para avaliação e depois foi transferido para uma clínica de reabilitação. "Ele está em reabilitação por depressão", disse Erskine.

Erskine disse que Thorpe pensava se tratar do carro de um amigo. "O proprietário do carro, basicamente, chamou a polícia e os policiais chegaram", disse. "Eles perceberam que era Ian Thorpe. Eles perceberam que ele estava desorientado".

De acordo com Erskine, Thorpe estava tomando antidepressivos e medicamentos para seu ombro, mas não tinha consumido álcool. "Ele não tinha bebido", disse. "Ele tinha zero de álcool nele".

Segundo a polícia, nenhuma reclamação oficial foi feita e nenhuma ação policial será aberta. Thorpe, que está atualmente vivendo na Suíça, estava na casa dos seus pais na Austrália desde o Natal.

A admissão de Erskine que Thorpe está na reabilitação vem poucos dias depois da empresa que gerencia o australiano negar relatos de que ele havia dado entrada em uma clínica, lutando contra a depressão e abuso de álcool, e depois havia deixado o local, seguindo para a casa dos seus pais. A versão oficial era de que ele tinha se ferido ao cair na residência de seus pais e havia sido levado ao hospital.

Hoje com 31 anos, Thorpe foi um dos maiores nadadores de sua geração. Ele ganhou três medalhas de ouro e duas de prata nos Jogos de Sydney, em 2000 e mais dois ouros na Olimpíada de Atenas, em 2004, além de uma prata e um bronze. Ele também faturou 11 medalhas de ouro em Mundiais, sendo seis em 2011, em Fukuoka, no Japão. Além disso, quebrou 13 recordes mundiais durante a sua carreira.

Thorpe se aposentou da natação em novembro de 2006, mas retornou em 2012. Sua tentativa de ganhar um lugar na equipe australiana para a Olimpíada de Londres não foi bem sucedida e o desejo de competir no Mundial de 2013 e nos Jogos da Commonwealth neste ano foi frustrado por uma lesão no ombro. Amigos admitiram que ele teve dificuldades para se adaptar à vida após deixar a natação.

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoIan Thorpe

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.