Campeão olímpico vira diretor esportivo de Tóquio/2020

O atleta japonês Koji Murofushi, que foi campeão olímpico do lançamento de martelo em Atenas/2004, foi nomeado nesta terça-feira diretor esportivo da Olimpíada de Tóquio, que acontecerá em 2020. Assim, ajudará na organização da competição.

AE-AP, Agência Estado

24 de junho de 2014 | 19h05

Fluente em inglês, Murofushi assumiu a função para fazer a ligação entre os atletas, as federações esportivas internacionais e o Comitê Organizador da Olimpíada. O posto de diretor esportivo foi introduzido nos Jogos Olímpicos de Inverno de Lillehammer, em 1994, na Noruega. Em geral, atletas ou ex-atletas do país anfitrião com experiência olímpica assumem o cargo.

Aos 39 anos, Murofushi continua em atividade e ganhou seu 20º título nacional consecutivo no lançamento de martelo agora em junho. Além da medalha de ouro em 2004, ele tem o bronze conquistado nos Jogos de Londres, em 2012, e é membro da Junta Executiva dos Jogos de Tóquio em 2020.

Tudo o que sabemos sobre:
Jogos OlímpicosTóquio2020

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.