Campeonato começa em Interlagos. Antes da hora

Novo carro da categoria não foi suficientemente testado

, O Estadao de S.Paulo

29 de março de 2009 | 00h00

A 31ª temporada da Stock Car tem início hoje, às 11 horas, no Autódromo de Interlagos, dando a impressão de que tudo foi feito às pressas. A categoria estreia novo modelo de carro, mas alguns deles só foram entregues às equipes no começo da semana. Foi também nos últimos dias que vários pilotos inscritos fecharam contrato para participar da disputa. Reflexo da crise, embora os dirigentes estejam fazendo de tudo para negar o óbvio: que a categoria não ficou imune ao furacão que atingiu a economia mundial.Pelo menos a meta de preencher 32 lugares no grid de largada foi atingida, embora vários pilotos não saibam se terão dinheiro, entenda-se patrocínio, para disputar mais do que três ou quatro corridas. E, agora, a competição só tem duas montadoras: Chevrolet e Peugeot.Há, porém, boas notícias: a Stock conseguiu nova copatrocinadora, a Esso, e uma nova fornecedora de combustível, a Mobil. Além disso, vai distribuir R$ 4,5 milhões em prêmios ao longo do ano.O fato, porém, é que a largada da competição acontece hoje para atender à televisão - pilotos e chefes de equipe preferiam o fim de abril ou de maio. A TV Globo vai transmitir as 12 etapas que serão disputadas até dezembro, mas, para isso, a Stock teve de se adequar à grade da emissora.Até o regulamento foi mudado com esse fim. Este ano, será obrigatória a troca de pneus, entre o 25º e o 35º minuto das corridas. Os boxes ficarão abertos por no máximo duas voltas.O reabastecimento permanece, mas sem limite de litros. E não poderá ser feito durante a troca de pneus. A janela terá também duas voltas, entre o 15º e o 18º minuto da prova.A pontuação também tem novidade. O treino classificatório, que define o grid, destina agora três pontos ao pole, dois ao segundo colocado e um para o terceiro. Assim, Paulo Salustiano, da Vogel, que ontem fez a pole em Interlagos com 1min48s421, já larga hoje com três pontos. O segundo no grid esta manhã é Thiago Camilo (Vogel, 1min48s552) e o terceiro é Daniel Serra (Red Bull, 1min48s674).O novo carro da Stock, modelo JL G-09, mostrou-se, nos treinos, promissor, embora ainda careça de desenvolvimento, o que terá de acontecer ao longo da temporada. "Gostei. O carro novo não é tão mais rápido do que o outro, como esperávamos, mas freia bem, tem muita aderência nas curvas de baixa e, pelo que pude sentir nas vezes em que peguei tráfego, vai dar mais vácuo e proporcionar mais ultrapassagens??, analisou Thiago Camilo, o mais rápido na sexta-feira, primeiro dia de treinos livres para o GP. "O carro freia bem mais do que o antigo, mas talvez precise de um pouco mais de potência para chegar ao ponto ideal??, acrescenta Giuliano Losacco.DEFEITOSHá, porém, alguns problemas. O novo escapamento provoca altas temperaturas, o que pode resultar em incêndios como o que destruiu a parte traseira do carro de Cacá Bueno, no treino realizado terça-feira. Alguns pilotos também estão reclamando do sistema hidráulico da direção dos carros.A prova, hoje, terá 27 voltas ou duração de 50 minutos. A TV Globo transmite, mas só a partir do momento em que começarem as trocas de pneus.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.