Francisco Seco/AP
Francisco Seco/AP

Em São Paulo, campeonato de surfe para menores conta com recorde de atletas e premiação

Competição 'surfa na onda' da popularidade do esporte pós-Olimpíada e terá quase 300 participantes

Redação, O Estado de S.Paulo

11 de setembro de 2021 | 16h51

Em alta no País e no mundo após o sucesso conquistado nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o surfe, assim como o skate, é um esporte que conquistou popularidade e chegou para ficar. Prova disso são os recentes incentivos que estas modalidades têm recebido após a Olimpíada do Japão, que teve nada menos que 4 atletas brasileiros subindo ao pódio.

'Surfando a onda' em que a modalidade está, em São Paulo irá acontecer, entre os dias 30 de setembro e 3 de outubro, um campeonato de surfe para menores de idade, visando o incentivo à prática do esporte. O 'Hang Loose Surf Attack' está na 33ª edição e terá premiação recorde na história do evento. Ele é organizado pela Federação de Surf do Estado de SP (SPSurf).

Atletas menores de 18 anos de todo o Brasil poderão se inscrever na competição que acontece na Praia de Camburi, na cidade de São Sebastião, litoral de São Paulo. O evento terá transmissão ao vivo e a premiação chegará a R$ 50 mil. Outra marca inédita é o número de competidores: 288, a maior inscrição desde que o torneio aconteceu pela primeira vez em 1988.

A organização do evento estabeleceu ainda protocolos sanitários para conter a disseminação da covid-19 entre os atletas e seus respectivos staffs. A primeira etapa do campeonato permitirá um esboço daqueles que serão os campeões estaduais, tanto masculino como feminino, das categorias sub-12 a sub-18.

As inscrições deverão ser feitas pelas associações de seus respectivos Estados, e o valor é de R$ 150. Além disso, é preciso fazer um cadastro no site da SPSurf para validar a inscrição. Em ambas as etapas, os campeões das categorias sub-16 e sub-18 irão receber R$ 1 mil cada, além de troféus de plásticos recolhidos da Praia de Camburi, produzidos pelo Projeto Siri. Outras premiações em dinheiro e equipamentos serão distribuídas conforme as classificações dos atletas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.