Divulgação
Divulgação

Campeonato de surfe lançado por Filipe Toledo chega à sua grande decisão em Ubatuba

Brasileiro promove competição de base no local onde nasceu como forma de incentivar jovens à prática esportiva

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de janeiro de 2022 | 18h33

Segundo colocado no ranking mundial e uma das referências do surfe brasileiro e internacional, Filipe Toledo também se mostra um talento fora das águas. O Filipe Toledo Kid’s On Fire é um campeonato articulado pelo surfista e visa incentivar a prática da modalidade a crianças e adolescentes. A final da 3ª edição acontece neste sábado e domingo, na Praia Grande, em Ubatuba (SP).

O local é o mesmo onde aconteceram as edições anteriores. Porém, se engana quem acha que apenas surfistas da região marcam presença. O projeto tem como objetivo promover o intercâmbio e a troca de experiências entre os atletas da base do surfe de diversos lugares do Brasil. Os jovens são divididos em seis categorias diferentes, separados por masculino e feminino.

No masculino, as categorias sub-12 e sub-14 terão 24 vagas, enquanto que o sub-16 terá 16 vagas. No feminino, tanto sub-12, como o sub-14 e o sub-16 terão 12 vagas cada. A iniciativa, além do apoio do renomado surfista, tem incentivo da Prefeitura de Ubatuba e de marcas importantes como Oakley, Hurley, Monster, e outras mais.

"Um circuito como o Kid’s On Fire é a oportunidade que muitos desses meninos e meninas esperam para poder deslanchar no surfe. Eles ganham visibilidade, e também afloram o lado competitivo, que pode os ajudar a se concentrar para uma competição desde muito cedo", disse Filipinho em comunicado oficial.

É claro que o projeto não é apenas o único objetivo profissional de Filipe Toledo. Referência no cenário mundial, ele mira o título do Circuito Mundial de Surfe. "Estou bastante focado na WSL neste momento, mas pode ter certeza de que vou estar de olho no campeonato, e tentaremos ao máximo lapidar esses talentos que surgiram durante todas essas etapas que promovemos”, declarou. 

"Aproveitem bastante o circuito e se divirtam fazendo o que vocês amam", finalizou o surfista profissional.

PROJETOS SOCIAIS

Além do Filipe Toledo Kid’s On Fire, o surfista também se mostra engajado em outros projetos sociais. Pai de dois filhos, ele sabe bem a importância de se incentivar o esporte ainda cedo. Filipinho fundou da sua própria escola para a prática de surf, a "Felipe Toledo Surf School", que ajuda atletas da categoria de base da modalidade na Praia Grande.

Filipinho também apadrinha o Projeto Namaskar, que proporciona educação por meio de oficinas e cursos e conta com acompanhamento social, psicológico, cuidados com a saúde e serviços de fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. O Namaskar tem oficinas de Yoga, ballet, surfe, teatro musical, violão, bateria, futebol, entre outros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.