''Campo ruim não atrapalha. Quero jogar em todos''

Quem pensava que Ronaldo se limitaria a participar dos jogos do Corinthians na capital se surpreendeu ontem. O atacante garantiu: pretende participar de todas as partidas, sejam pela Copa do Brasil (estréia diante do Itumbiara-GO, dia 4 de março) ou pelo Campeonato Paulista."Gramado ruim não atrapalha. Na Europa (foram 14 anos entre PSV, Internazionale, Barcelona, Real Madrid e Milan) também existem campos ruins", disse. "Jogarei todos os jogos em que o treinador me escalar. Sou humilde demais para me negar a jogar", avisou. "Quando era moleque, jogava descalço no paralelepípedo e perdia as unhas."No Paulista, o Corinthians atuará fora da capital sete vezes: Bragantino (2.ª rodada), Paulista (5.ª), Guaratinguetá (9.ª), Marília (11.ª), Santo André (14.ª), Guarani (17.º) e Mirassol (19.ª). É possível que Ronaldo esteja em condições de atuar em seis deles.O craque procurou mostrar profissionalismo e confiança o tempo todo. "Minha cabeça está focada em levar uma vida de atleta", garantiu. "Falei para o Mano Menezes, por telefone, que chego para ser mais um no elenco, nada de ser diferenciado. Vou fazer tudo da mesma maneira, são direitos e deveres iguais aos dos companheiros", comentou. "Nenhuma mordomia, nenhum privilégio", afirmou, apesar da oferta da diretoria de regalias. "Nunca tive problemas de ciúme de companheiros em outros clubes, aqui será igual", apostou. Mas e o salário? "Aí é individualidade de cada um em negociar. No campo, vale a técnica e eu serei apenas mais um do grupo."O elenco o acolheu bem. A diretoria e a torcida também. Agora só depende de Ronaldo. E ele promete não decepcionar. E pede tempo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.