Brian Snyder/Reuters
Brian Snyder/Reuters

Canadenses levam ouro no curling e no hóquei nos Jogos de Inverno de Sochi

Mulheres representaram com honra o País; na patinação artística, russa brilha com medalha histórica

AE, Agência Estado

20 de fevereiro de 2014 | 17h48

SOCHI - O dia foi de conquistas para as mulheres canadenses nos Jogos Olímpicos de Inverno de Sochi. Nesta quinta-feira, as atletas do país faturaram duas medalhas de ouro ao vencerem as disputas do curling, o que funcionou como vingança para as canadenses, e do hóquei no gelo, garantindo o tetracampeonato olímpico.

Derrotadas em 2010 pelas suecas na disputa do ouro do curling, as canadenses se vingaram do revés em Vancouver e venceram as adversárias por 6 a 3 nesta quinta-feira, se tornando campeãs olímpicas, repetindo a conquista de 1998, em Nagano, no Japão. A medalha de bronze fico com a Grã-Bretanha, que venceu a Suíça por 6 a 5.

O Canadá garantiu o tetracampeonato olímpico consecutivo no hóquei no gelo feminino ao derrotar os Estados Unidos na decisão por 3 a 2, em duelo definido apenas na prorrogação. Marie-Philip Poulin foi a principal responsável pela conquista ao empatar o duelo em 2 a 2 quando faltavam 55 segundos para o encerramento do terceiro período. Depois, na prorrogação, ela fez o gol que garantiu mais um ouro para o Canadá. A medalha de bronze ficou com a Suíça.

A disputa da patinação artística foi vencida pela russa Adelina Sotnikova, de apenas 17 anos, ao obter a nota 224,59 no somatório dos dois dias. Assim, ela desbancou a sul-coreana Yuna Kim Qu era a atual campeã olímpica da modalidade e havia terminado as apresentações da quarta-feira em primeiro lugar. Mas a asiática garantiu apenas a medalha de prata ao ficar com a nota 219,11. O bronze foi para a italiana Carolina Kostner, que fez 205.53.

A França dominou completamente a disputa masculina do esqui cross levando três competidores ao pódio. Quem se deu melhor foi Jean Frederic Chapuis, que faturou a medalha de ouro. A prata ficou com Arnaud Bovolenta, enquanto Jonathan Midol levou o bronze.

Já a disputa feminina do halfpipe foi vencida pela esquiadora norte-americana Maddie Bowman. A francesa Marie Martinod terminou em segundo lugar e a japonesa Ayana Onozuka completou o pódio.

Líder do quadro geral de medalhas, a Noruega conquistou nesta quinta-feira o ouro no combinado nórdico por equipes com Magnus Hovdal Moan, Haavad Klemetsen, Magnus Krog, Joergen Graabak. A Alemanha garantiu a medalha de prata, enquanto o bronze foi conquistado pela Áustria.

Com os resultados desta quinta-feira, a Noruega segue na frente no quadro geral de medalhas, com dez ouros, quatro pratas e sete bronzes. Os Estados Unidos ocupam a segunda colocação, com oito ouros, seis pratas e 11 bronzes, enquanto a Alemanha é a terceira, com oito ouros, quatro pratas e quatro bronzes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.