Canindé é interditado por 1 jogo

A Portuguesa perdeu ontem o mando de campo para a partida contra o Figueirense, na terça-feira. O Estádio do Canindé foi interditado em decorrência da confusão após o jogo contra o Vila Nova-GO, em que o time perdeu por 2 a 1, na terça-feira. No vestiário, seguranças armados acompanharam um conselheiro que foi fazer cobranças ao técnico René Simões e alguns jogadores. O treinador pediu demissão no dia seguinte. O meia Edno, também ameaçado, confirmou ontem, antes da partida contra o Fortaleza, no Castelão, que fazia sua última partida pelo clube. "Vou jogar por aqui (em Fortaleza) porque tenho segurança", disse, numa referência aos problemas no Canindé. E, na partida que marcou a estreia do técnico Vágner Benazzi, a Lusa venceu o Fortaleza por 1 a 0, gol de Anderson Paim. Também ontem à noite, na sequência da 21ª rodada, o líder Vasco perdeu no Maracanã para o Ceará por 2 a 0. Os cearenses ocupam a 4ª colocação com 37 pontos. Já o Vasco pode perder a 1ª posição caso o Atlético-GO vença o Bragantino em Bragança Paulista. Nos outros três jogos, o Vila Nova-GO perdeu em casa para o Ipatinga por 2 a 0, o Figueirense bateu o ABC por 1 a 0 e o Campinense passou pelo Brasiliense também por 1 a 0.A rodada será completada hoje com cinco jogos: 16h10 - América-RN x Guarani; Bahia x São Caetano; Ponte Preta x Paraná; Juventude x Duque de Caxias; 21 horas - Bragantino x Atlético-GO.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.