Geoff Burke-USA TODAY Sports
Geoff Burke-USA TODAY Sports

Carisma de Flávia Saraiva encanta público e até rivais no Pan

Jovem de 1,33 m está em seu primeiro ano na categoria adulta

NATHALIA GARCIA, ENVIADA ESPECIAL A TORONTO, O Estado de S. Paulo

13 de julho de 2015 | 23h37

A ginasta Flávia Saraiva deu nesta segunda-feira mais uma prova de seu potencial e conquistou a medalha de bronze no individual geral da ginástica artística nos Jogos Pan-Americanos de Toronto. Com 57,050 pontos no total, a brasileira tem mostrado evolução bem rápida em seu primeiro ano na categoria adulta. "Estou muito feliz, não estava esperando essa medalha", disse, ao fim da prova.

Além da capacidade técnica, a atleta de 1,33 m de altura empolgou o público com seu carisma. "Me considero muito carismática, acho que sou feliz", comenta. Flavinha tem encantado até mesmo as suas rivais. "Elas ficam olhando, rindo para mim", conta. "Ela é uma gracinha, eu realmente adorei competir ao lado dela", exaltou a norte-americana Madison Desch, medalha de prata no geral.

O técnico Alexandre Carvalho acredita que essa característica pode ajudar a jovem nas competições. "A ginástica artística é um espetáculo, a atleta tem que ter isso. O carisma ajuda a tirar nota e a gente vem trabalhando com a Flávia. Hoje (segunda) ela competiu como se estivesse no Brasil. Isso faz diferença para ela no resultado final."

E ele já projeta o cenário nos Jogos Olímpicos do Rio: "No Brasil vai ter essa torcida e ela vai ter de lidar com o público muito jovem. Ela tem de segurar essa pressão, isso faz parte da preparação para 2016." A cabeça de Flávia também já está voltada para a preparação olímpica. "Essa competição está sendo muito importante, todas as competições são um treino para 2016."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.