Carlos 'Bira' 'troca' a vida simples no interior paulista pelo atletismo no Pan

Nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, Carlos Antônio dos Santos estreia na competição em busca de seu primeiro resultado de expressão na prova dos 1.500 metros, nesta sexta-feira, às 19h05 (de Brasília). Aos 34 anos, ele ainda não conseguiu se firmar na elite do atletismo, entretanto, mostra perseverança.

NATHALIA GARCIA, Estadão Conteúdo

24 de julho de 2015 | 10h58

O atleta de Ubirajara (SP), cidade que lhe rendeu o apelido Bira, deu seus primeiros passos no esporte em terra batida, em 2003. Após machucar o joelho durante uma pelada de futebol com os amigos, Carlos foi submetido a uma cirurgia e, para fortalecer a musculatura, usou a corrida como parte do tratamento. Foi então que o amigo Wilson Ferrari Rodrigues, vereador da cidade na época, viu o seu potencial e passou a incentivá-lo.

Os treinos começavam bem cedo e duravam apenas 40 minutos porque Bira tinha suas obrigações a cumprir. A rotina no sítio começava às 6 horas, quando tirava leite de vaca, e incluía também o cuidado com o gado e a operação de um trator.

Em 2005, Bira deixou o trabalho rural e iniciou o curso de Educação Física em uma faculdade em Marília (SP). Nessa época, passou a se dedicar mais aos treinamentos. "Não dava para sobreviver direito, mas tinha o objetivo de ser campeão no atletismo. Para isso, tinha que deixar algumas coisas. Eu comecei abdicando do meu trabalho, passei a estudar e a treinar mais sério, então comecei a despontar para chegar aqui", conta.

E Bira continua na batalha por seu espaço no esporte diariamente ."Ainda não faço parte de um grande clube. Mas com o dinheirinho que consigo, procuro um bom fisioterapeuta, um bom massagista, o treino desgasta bastante", afirma.

Casado desde 2012 com Eva, o atleta mora atualmente em Limeira. Além do treinamento habitual, Bira atua ao lado de Odair dos Santos como guia paralímpico. Em 2009, o recordista mundial dos 5.000m e dos 10.000m ficou completamente cego em decorrência de uma retinose. A dupla tem presença confirmada na prova dos 1.500m nos Jogos Parapan-Americanos, de 7 a 15 de agosto. Bira voltará ao Brasil após sua corrida e, na sequência, viaja novamente para Toronto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.