Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Carlos Burle vai atrás de ondas grandes na ilha de Maui

Brasileiro é um dos especialistas em ondas gigantes, mas não está confiante em grandes desafios na falosa e temida ilha havaiana

PAULO FAVERO - Enviado especial ao Havaí, O Estado de S. Paulo

09 de dezembro de 2014 | 08h33

Surfista de ondas grandes, Carlos Burle está se preparando para encarar a temida Jaws, em Maui. Ele está no Havaí e pegou um voo de Oahu para a ilha vizinha porque a ondulação parece interessante. "Acho que teremos ondas de 30 pés de face, não é muito grande", afirma o atleta, que está acostumado com as montanhas de água.

Só que os 30 pés de face significam ondas de 10 metros de altura, o que para pessoas normais é muito grande. "Parece que será um dia bom porque o vento está fraco. Não sei se teremos um grande tamanho, pois a ondulação já chegou na boia e não está tão forte quanto parecia", explica o surfista.

Burle conta que outros brasileiros também tentarão a sorte na famosa onda de Jaws, como Pedro Calado e Lucas Silveira. Muitos especialistas em ondas grandes não estarão em Jaws porque optaram por ir para Punta Galea, na Espanha, onde também existe previsão de ondas grandes. "Acho que teremos mais surfistas locais por aqui", diz.

Ele se especializou em pegar ondas grandes e já ficou famoso por encarar locais temidos como a Praia do Norte, em Nazaré, e Mavericks, na Califórnia, entre outros. Um dia antes de entrar na água, ele passou a tarde verificando equipamentos, pagando taxas e limpando as pranchas. "Testamos tudo para nada dar errado", conclui.

Tudo o que sabemos sobre:
surfeCarlos Burle

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.