Andre Pain/Efe
Andre Pain/Efe

Carlos Sainz ganha mais uma etapa e lidera Rally Dakar; Alonso chega em 7º

Dupla espanhola se destaca no trajeto de 564 quilômetros entre Al-'Ula e Hail

Redação, Estadão Conteúdo

09 de janeiro de 2020 | 11h26

O espanhol Carlos Sainz se tornou nesta quinta-feira o primeiro a vencer duas etapas da atual edição do Rally Dakar, disputado na Arábia Saudita. O experiente piloto foi o mais rápido nos carros, a principal categoria da tradicional competição, ampliando sua vantagem na liderança geral da prova. O também espanhol Fernando Alonso também se destacou nesta quinta etapa, no trajeto de 564 quilômetros entre Al-'Ula e Hail.

Sainz, que vem a ser pai de Carlos Sainz Jr., da Fórmula 1, completou a distância em 3h52min01s, com 2min56s de vantagem sobre o príncipe catariano Nasser Al-Attiyah. O francês Stéphane Peterhansel chegou na terceira posição, a 6min11s, esquentando a disputa pelas primeiras posições da categoria.

Mesmo com dificuldades no início da etapa desta quinta, Sainz chegou na frente dos rivais, o que lhe permitiu abrir vantagem de 5min59s justamente sobre Al-Attiyah, segundo colocado geral. Mais afastado, Peterhansel é o terceiro colocado, com 17min53s.

Fernando Alonso, que tem o apoio do experiente copiloto Marc Coma, também da Espanha, se destacou na etapa desta quinta e terminou em sétimo lugar. Desta forma, o bicampeão mundial de Fórmula 1 manteve sua reação no campeonato, após ter problemas com o seu carro na segunda-feira. Alonso já aparece na 18ª colocação geral.

BRASILEIROS

Um dos representantes do País na competição, Antonio Lincoln Berrocal repetiu nesta quinta sua posição da etapa anterior ao terminar em 81ª nas motos. No geral, está em 73º. O norte-americano Ricky Brabec segue na ponta, após ser o quarto colocado na etapa desta quinta. O australiano Toby Price foi o melhor do dia.

Na categoria dos UTVs (carro parecido com uma "gaiola"), Reinaldo Varela e o navegador Gustavo Gugelmin terminaram a etapa no 21º posto, sustentando a 16ª posição geral. Juntos, eles foram campeões do Dakar nesta mesma categoria em 2018 e terminaram em terceiro lugar no ano passado.

Nas demais categorias, o francês Alexandre Giroud foi melhor nesta quinta nos quadriciclos, desbancando o favorito chileno Ignacio Casale, segundo colocado. Apesar disso, Casale segue dominando, na liderança geral. Ele é o atual bicampeão e mais forte candidato a levar o prêmio deste ano.

Nos caminhões, a equipe russa liderada por Dmitry Sotnikov venceu a quinta etapa, superando o compatriota Anton Shibalov, o melhor da quarta-feira. Andrey Karginov, também da Rússia, chegou em terceiro. Mesmo assim, sustentou a primeira posição geral na categoria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.