Carpegiani abandona o 3-5-2

Durou apenas um jogo a experiência de Paulo César Carpegiani com o esquema de três zagueiros no São Paulo. A atuação abaixo da crítica contra o Botafogo de Ribeirão Preto, domingo, quando os jogadores tricolores tiveram dificuldade em se localizar em campo, não agradou nem ao treinador nem ao elenco - as críticas públicas de Miranda mostram isso. Assim, ontem, no CT da Barra Funda, o treinador voltou a escalar o time no 4-4-2.

, O Estado de S.Paulo

10 de fevereiro de 2011 | 00h00

Luiz Eduardo, jovem zagueiro que estreou contra o Santos e foi bem contra o Botafogo, perdeu lugar no time: entrou o volante Zé Vitor. Ilsinho, perdido em campo em Ribeirão, deu lugar a Carlinhos Paraíba. Com isso, Jean voltou para a lateral-direita. No meio, Rivaldo não treinou, sentindo dores na coxa direita, e foi substituído por Marlos. Recuperado de lesão, Dagoberto ocupou a vaga de Fernandão.

Para pegar a Portuguesa, no domingo, o time deverá ter mais uma novidade: a entrada do zagueiro Alex Silva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.