Carpegiani deve escalar só 2 no ataque tricolor

Com Fernandinho machucado e Lucas suspenso, treinador deve ter Dagoberto e Ricardo Oliveira no setor ofensivo

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

27 de outubro de 2010 | 00h00

A derrota para o Ceará, por 2 a 0, domingo, em Fortaleza, alguns desfalques e o retorno de Alex Silva e Richarlyson deve fazer o técnico Paulo César Carpegiani fazer até seis alterações na equipe do São paulo para o jogo de amanhã, às 21 horas, diante do Atlético-PR. A volta de Richarlyson, expulso contra o Santos, reforça a zaga, região que preocupa o treinador. Carpegiani disse que a volta do lateral pode pegar muita gente de surpresa, após a repercussão negativa que o cartão vermelho ganhou.

Entretanto, o treinador explica que pesou a experiência. "Ele é firme e maduro. Pelo lado dele, o Atlético tem velocidade e preciso de qualidade para amenizar isso." O treinador, que revelou ter tido uma conversa particular com o jogador.

Como Fernandinho ainda se recupera de dores na perna direita e Lucas está suspenso, Carpegiani resolveu apostar em uma formação com apenas dois atacantes. Na lateral, Jean e Richarlyson entraram no lugar de Renato Silva e Diogo. Na zaga, Alex Silva retorna. A novidade foi o meio de campo com Rodrigo Souto, Carlinhos Paraíba, Ilsinho e Marlos. E no ataque: Dagoberto e Ricardo Oliveira. "A equipe está muito branda. Ainda não está competitiva como eu quero, mas vejo dedicação."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.