Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Carta de diretor foi a gota d'água para irritar chileno

Valdivia não se arrepende do que disse em dezembro à rádio Eldorado/ESPN. "Chega de aguentar as pessoas falarem mal de mim." Esse foi um de seus desabafos na época. Além de reclamar de Felipão, criticou bastante a diretoria, que o obrigou a assinar uma carta de recomendações. Evitar as "peladas" de fim de ano era um dos itens do documento. "Não vou falar que estou arrependido do que falei. Quando pedi respeito, foi um respeito profissional", disse ontem. "Não achei que seria certo assinar um documento que dizia que eu seria multado em 40% se eu fizesse alguma atividade esportiva. Ou seja, se eu fizesse alguma atividade com crianças sem recursos, eu seria multado?", indagou. "Achei que estavam desconfiando de mim." Valdivia foi o único jogador obrigado a assinar tal carta. E ele negou, causando muita confusão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.