Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Alberto Pizzoli / AFP
Alberto Pizzoli / AFP

CAS anuncia recurso de 22 atletas russos punidos por doping nos Jogos de Sochi

País teve participação vetada nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2018, na Coreia do Sul

Estadão Conteúdo

06 de dezembro de 2017 | 11h42

A Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês) anunciou nesta quarta-feira que 22 atletas russos desqualificados dos Jogos de Inverno de Sochi, em 2014, por doping, recorreram contra as punições impostas pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

+ Governo russo diz que precisa analisar punição do COI antes de tomar medidas

+ CAS rejeita recursos e mantém punições a lutador e a heptatleta

Os 22 atletas desafiam a punição que os impede por toda a vida de participar da Olimpíada. Entre os competidores que recorreram estão Alexander Zubkov, Alexander Legkov e Aleksander Tretiakov, que conquistaram medalhas de ouro em Sochi.

"A Corte Arbitral do Esporte (CAS) registrou 22 recursos interpostos por atletas russos contra decisões tomadas pela Comissão Disciplinar do Comitê Olímpico Internacional", anunciou.

O tribunal explicou que os atletas pediram para que os veredictos dos seus recursos sejam apresentados antes de 9 de fevereiro de 2018, data de abertura da Olimpíada de Pyeongchang, que se encerrará no dia 25.

Uma investigação aberta pelo COI descobriu que os atletas violavam as regras antidoping como parte de um amplo esquema da Rússia para uso de substâncias proibidas nos Jogos de Sochi. Com isso, o comitê suspendeu seus resultados, confiscou todas as medalhas que haviam sido conquistadas e os proibiu de participar de qualquer edição futura da Olimpíada.

O anúncio da confirmação das apelações se deu apenas um dia após o COI proibir a Rússia de enviar uma equipe para os Jogos de Pyeongchang. Ao invés disso, uma comissão do COI convidará alguns atletas russos que nunca foram suspensos por doping e passaram por controles de testes mais rigorosos desde abril para competir como neutros no evento na Coreia do Sul.

Tudo o que sabemos sobre:
CasdopingOlimpíada de Inverno

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.