CAS confirma banimento de Rebeca Gusmão da natação

A nadadora Rebeca Gusmão fracassou na tentativa de reverter o seu banimento da natação por doping. Nesta sexta-feira, a Corte Arbitral do Esporte (CAS) ratificou a decisão da Federação Internacional de Natação (Fina) de afastar a atleta de 25 anos das competições.

AE, Agencia Estado

13 de novembro de 2009 | 15h55

Rebeca Gusmão foi flagrada com nível elevado de testosterona em exame antidoping realizado em 2006. No ano seguinte, o resultado se repetiu em teste feito durante os Jogos Pan-Americanos de 2007, disputados no Rio. No mesmo evento, ela foi acusada trocar sua mostra de urina por uma de outra pessoa. No Pan do Rio, Rebeca Gusmão venceu as provas do 50 e 100 metros livre, mas foi eliminada e teve suas medalhas retiradas posteriormente.

A Fina decidiu banir Rebeca Gusmão da natação em julgamento realizado em setembro de 2008. Agora, o CAS decide manter a decisão na segunda apelação da atleta, encerrando a carreira da nadadora brasileira.

Tudo o que sabemos sobre:
nataçãoCASRebeca Gusmãobanimento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.