CAS divulgará veredicto sobre Merritt em 6 de outubro

A Corte Arbitral do Esporte (CAS) adiou para a próxima semana a divulgação de um veredicto sobre uma regra do Comitê Olímpico Internacional (COI) que proíbe atletas suspensos por mais de seis meses de participarem dos Jogos Olímpicos. O principal interessado no caso é o norte-americano LaShawn Merritt, que pretende defender o seu título dos 400 metros na Olimpíada de Londres, em 2012.

AE, Agência Estado

29 de setembro de 2011 | 12h05

O Comitê Olímpico dos Estados Unidos (USOC, na sigla em inglês) entrou com um recurso na CAS contra a regra do COI. A audiência sobre o caso foi realizada no mês passado. O tribunal havia dito inicialmente que divulgaria sua decisão até o final desta semana, mas agora avisou que o veredicto será dado no dia 6 de outubro.

O USOC defende que proibir a participação de um atleta por conta de uma suspensão por doping funciona como uma segunda punição. Meritt foi campeão dos 400 metros na Olimpíada de 2008, em Pequim, e cumpriu punição de 21 meses por doping, que foi encerrada em julho.

Tudo o que sabemos sobre:
OlimpíadaCASdopingLaShawn Merritt

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.