Casemiro pede aumento e deixa S. Paulo irritado

A entrevista de Casemiro era para falar da chance de ele começar o clássico com o Palmeiras, domingo. O garoto, que completa 19 anos hoje, porém, optou por outro assunto, bem mais "picante". Ele aproveitou o momento para pedir aumento, ao dizer que recebeu propostas de clubes europeus após a boa participação no Sul-Americano Sub-20 e, por isso, queria conversar com os dirigentes para melhorar o contrato que firmou em 2010.

Marcius Azevedo, O Estado de S.Paulo

23 de fevereiro de 2011 | 00h00

Casemiro alega que os valores do acordo assinado até 31 de dezembro de 2015 ficaram defasados. "O São Paulo não me procurou, mas preciso sentar e conversar, porque há propostas de outros países, propostas boas até", disse. "Sou muito grato ao São Paulo, mas não posso deixar de valorizar o que fiz na seleção."

As declarações pegaram todos de surpresa. Casemiro citou o amigo Lucas para pedir aumento. O vice-presidente de futebol Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, ficou irritado com o ocorrido. "O local escolhido foi inapropriado. Ele deveria ter nos procurado primeiro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.